quarta-feira, 15 de junho de 2011

Jay-Z afirma que o rap deveria ser considerado poesia


Com o lançamento do seu último livro, Decoded, Jay-Z espera que os leitores aprendam algumas lições ao ler as suas letras. Numa entrevista, Hov explica que existe mais rap do que está á superfície e que se os ouvintes perdessem mais tempo decifrando as letras, eles iriam gostar mais.

“Espero que os leitores retirem deste livro que o rap é poesia. É provocação de pensamentos, há pensamentos por detrás disso.” Disse Hova. “Também é muito bom escrever rap. Você nunca ouve rappers serem comparados com os melhores escritores de sempre. Você ouve Bob Dylan, é o Biggie Smalls numa maneira á Hitchock. Algumas coisas que o Biggie e o Rakim escreveram… Quero dizer, depois de ouvir o que eles dizem, se você olhar para as letras, se  você tirar essas letras da música e se as colocar num lugar qualquer, alguém olha para elas e iria dizer: ‘Isto é genial! Isto é trabalho de génios!’ Quero que as pessoas percebam isso.”

O rapper também explicou que os ouvintes tendem a fazer julgamentos rápidos sobre o Hip Hop e espera que o seu livro apague essas decisões.

“Quero que as pessoas também desistam de fazer julgamentos rápidos. Oiçam o som, oiçam a intenção. Tentem perceber porque um som como ‘Big Pimpin’ pode existir. Tentem perceber porque um filme como ‘Meet the Parents’ existe. Obviamente, tem uma intenção diferente, mas, na superfície, é apenas diversão mas com uma razão por trás. Queria mesmo lançar isto numa forma clara e concisa para que as pessoas possam ver.”

Um comentário:

igorcherozo disse...

claro que sim,poderia,se não tivesse ritmo.

Postar um comentário